Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil joga mal, mas reage e vence Irã de virada pela Liga Mundial

Publicado

Foto/Imagem:


Com desempenho muito abaixo do esperado, a Seleção Brasileira masculina de vôlei sofreu para conseguir vencer o Irã em partida da Liga Mundial disputada nesta sexta-feira, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Com muita emoção e atuação decisiva de Leandro Vissotto, o time fez 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 28/30, 26/28, 25/23 e 15/13.

A vitória impede que o Brasil caiu para a lanterna do Grupo A da Liga Mundial. Os comandados de Bernardinho agora somam duas vitórias e três derrotas. A Itália lidera a chave com 12 pontos e 100% de aproveitamento, seguida pelo Brasil, que chegou a 5 pontos; a Polônia aparece em terceiro, com 3 pontos, e os iranianos estão em último, com apenas um ponto.

O destaque do jogo foi o oposto Leandro Vissotto, que ajudou a definir a vitória no tie-break e fechou a partida com 15 pontos. O maior pontuador, no entanto, foi o meio-de-rede Sidão, com 16 pontos. Entre os iranianos, o destaque ficou com Mojtaba Mirzajanpour, que somou 18 pontos.

Jogar em casa, mais uma vez, não foi determinante para a Seleção Brasileira, que voltou a apresentar erros e problemas que têm complicado o desempenho da equipe de Bernardinho. Nesta edição da competição, os brasileiros perderam duas vezes para a Itália em Jaraguá do Sul e uma vez para a Polônia em Maringá – a única vitória até então veio contra os poloneses, também na cidade paranaense.

Foi difícil jogar contra os iranianos, mais do que o esperado pelos torcedores. Os quatro primeiros sets foram definidos por diferença de apenas dois pontos. A primeira parcial poderia ter sido tranquila, por exemplo, mas a Seleção desperdiçou três set points até confirmar a vitória por 25/23. O mesmo ocorreu no 2º set, com duas chances de fechar, mas o Brasil perdeu por 30/28.

No terceiro set, os brasileiros voltaram a falhar no momento decisivo e permitiram a virada iraniana, com 28/26. O time ganhou fôlego na quarta parcial, superando erros que significaram perda de set points novamente para fechar em 23/25. A tie-break começou com o time embalado pela torcida brasileira, mas os iranianos voltaram a complicar. Os ataques de Leandro Vissotto, destaque, e um bloqueio de Murilo deixaram o time com match point. Vissotto concluiu e confirmou a vitória.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade