Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Brasileiro passa mais tempo no Face que argentino na web



Os brasileiros gastaram 46,615 bilhões de minutos em fevereiro no Facebook, o que representa mais tempo do que os argentinos e os mexicanos gastam navegando na web em geral. Juntas, a população dos dois países passaram 44,270 bilhões de minutos na internet no mesmo período analisado. Os dados são da pesquisa “Brazil Digital Future in Focus 2014”, da empresa de medição de audiência digital comScore.

Se separarmos os números, cada brasileiro passou quase 13 horas na rede social por mês, mais que o dobro da média dos outros países, que é de 5,7 horas.

O Facebook é a rede social líder em termos de audiência, com 69,5 milhões de visitantes únicos por mês. Surpreendentemente, o LinkedIn tomou a posição do Twitter no segundo lugar, com 11,8 milhões de visitantes únicos. O microblog vem em seguida com 11,4 milhões. Também fazem parte do ranking o Tumblr (7,9 milhões), Ask.FM (5 milhões), Orkut (4,9 milhões), Badoo (3,1 milhões) e Yahoo Profile (2,7 milhões).

A rede social de Mark Zuckerberg é a que mais toma o tempo dos internautas brasileiros. No País, 97,8% do tempo gasto em redes sociais é no Facebook. Os outros 2,2% se dividem entre as outras cinco plataformas citadas: o Twitter fica com 0,7%, o Tumblr com 0,6%, Ask.FM com 0,5%, Orkut com 0,3% e, por fim, o LinkedIn com 0,2%.

O Instagram também ganhou destaque nas medições da pesquisa. As marcas perceberam um crescimento do engajamento dos usuários de quase 900% desde janeiro de 2013. Desse período até abril de 2014, foram contabilizadas 21 milhões de interações.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente