Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Esportes

Brasília perde título de campeão mas tem o Mané aprovado



O Estádio Nacional Mané Garrincha passou pelo último evento teste antes da Copa do Mundo. A final do campeonato regional, entre Brasília e Luziânia, atraiu, segundo a Polícia Militar, cerca de 30 mil pessoas.

Representantes do Comitê Organizador Local (COL), que aproveitaram o jogo de ontem (17) para avaliar áreas estratégicas, como a atuação de stewards – seguranças particulares – e o atendimento médico, disseram que a operação atendeu às expectativas. Segundo o diretor executivo da entidade, Ricardo Trade, o estádio de Brasília está em plena condição para a Copa.

Os testes, segundo ele, seguiram o mesmo protocolo que será adotado no Mundial, incluindo vistoria antibombas por homens e cães das polícias Militar e Federal.

“Para a Polícia Militar, o jogo é útil porque colocamos em prática o exato posicionamento que será adotado durante a Copa do Mundo. Essa preparação começou em 2008, quando as primeiras instruções nos foram passadas”, disse à Agência Brasil o tenente-coronel Flávio Alves.

Entre os procedimentos citados pelo tenente-coronel também estão o posicionamento e monitoramento de câmeras, a escolta de delegações, varreduras antibomba e vistorias de segurança.

Durante a partida, a Secretaria da Igualdade Racial lançou a campanha “DF por uma Copa sem racismo”. Uma faixa foi estendida no centro do gramado, durante o intervalo do jogo, por representantes de comunidades indígenas, ciganas e povos de terreiro. Outra bandeira hasteada no jogo incentivava o desarmamento infantil.

De acordo com o governo do Distrito Federal (GDF), o estádio já recebeu 41 eventos, para um público total de 800 mil pessoas. Segundo o GDF, cada grande evento – termo usado quando o público supera 10 mil pessoas – injeta R$ 12 milhões na economia local e gera 2 mil empregos diretos e indiretos.

Para o jogo desse sábado, foram postos à venda, 64 mil ingressos a preços que variaram de R$ 2 a R$ 20 (inteira). Até a manhã de hoje (18), a assessoria do evento não soube informar o público pagante.

Apesar de a partida ter sido vencida pelo time de Brasília por 1 a 0, o campeão brasiliense foi o time de Luziânia, que, na primeira partida da final, ganhou por 3 a 2 e teve a melhor campanha durante o campeonato.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente