Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

Buraco misterioso na Sibéria gera polêmica entre cientistas russos



Um buraco de até 80 metros de largura foi avistado por helicópteros na Península de Yamal, na Rússia, informou o jornal Siberian Times.

Um grupo de cientistas foi enviado ao local para recolher amostras do solo e da água do local e analisar a depressão.

A causa do surgimento do buraco em Yamal – que significa “Fim do Mundo” no extremo norte da Sibéria –  ainda é desconhecida, mas há suspeitas de que o aquecimento global tenha sido o responsável.

Anna Kurchatova, do Centro de Pesquisa Científica do Sub Ártico, acredita que a cratera foi formada por água, sal e gás provenientes de uma explosão subterrânea, que teria sido resultado do aquecimento global.

Ela aponta que gás se acumulou no gelo, misturado com areia e sal embaixo da superfície. O aquecimento global teria provocado o derretimento desse gelo, liberando gás e causando assim um efeito similar ao do estouro de uma tampa de garrafa de champagne.

Especula-se também que um objeto espacial, possivelmente um meteorito, tenha provocado a rachadura do solo, localizada a cerca de 30 quilômetros do maior campo de gás de Yamal, o Bovanenkovo.

Especialistas estão confiantes de que, em breve, surgirá, uma explicação científica para o fato, minando os rumores de que o buraco seria a evidência da chegada de um OVNI, um objeto voador não identificado, na Terra.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente