Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Caixa Cultural do Rio de Janeiro recebe a 59ª edição da World Press Photo



Os mais impactantes registros fotográficos da imprensa mundial do último ano estão expostos a partir de hoje (18) na Caixa Cultural Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense. As fotos foram selecionadas por um dos mais prestigiados concursos de fotojornalismo do mundo, o World Press Photo. A mostra vai até o dia 19 de junho e está aberta ao público com entrada franca de terça-feira a domingo. Nesta 59ª edição, 164 imagens retratam temas como política, economia, esportes, cultura e meio ambiente.

A World Press Photo do Ano, grande vencedora de 2016, foi a foto “Esperança por uma nova vida”, do australiano Warren Richardson, que mostra o instante em que um refugiado passa seu bebê através de um arame farpado na fronteira húngaro-sérvia, em agosto passado. Richardson ficou acampado com os refugiados durante cinco dias até que um grupo de 200 pessoas decidiu atravessa a fronteira. A foto teve apenas iluminação da lua para que o flash não atraísse a polícia que estava por perto.

“Desde o início, nós olhamos para esta fotografia e soubemos que era importante. Tem muito poder na sua simplicidade, pelo simbolismo do arame farpado, e dá uma noção visual do que está acontecendo com os refugiados”, disse presidente do júri e diretor de fotografia da Agence France-Presse, Francis Kohn.

“Há anos a World Press Photo vem abordando a questão dos refugiados de conflitos no Oriente Médio e África. Não fosse pelas fotografias, talvez não soubéssemos a real gravidade do que está acontecendo. É uma das maiores crises humanitárias da história”, disse Rafael Ferraz, organizador da exposição e sócio da Capadócia Produtora Cultural, responsável há nove anos por trazer a mostra ao Brasil.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente