Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


China demite ministro corrupto que era elo com os países latinos

Publicado

Foto/Imagem:


O Ministério das Relações Exteriores da China anunciou nesta sexta-feira que o ministro assistente Zhang Kunsheng, principal responsável pelas relações com a América Latina e o Caribe, foi destituído do cargo e será investigado por suspeitas de corrupção.

Zhang, de 56 anos, será investigado por “suspeitas de violação disciplinas”, eufemismo usado pelas autoridades chinesas quando tratam de possíveis práticas corruptas.

O ministro assistente era responsável por coordenar as relações da China com a América Latina, sendo assim uma presença habitual em ações diplomáticas da comunidade latino-americana em Pequim ou nas reuniões entre chefes de Estado da região em visita à China.

Doutor em direito, Zhang ocupou diversos postos na diplomacia chinesa durante os últimos 30 anos, entre eles o de primeiro-secretário na embaixada do país nos Estados Unidos.

A queda por causa das suspeitas de corrupção é a última de uma longa lista de casos revelada pelo regime comunista chinês desde a chegada ao poder do presidente Xi Jinping, em 2013.

A campanha anticorrupção iniciada por Xi também motivou o início de investigações contra alguns dos cargos de maior influência no governo chinês na década passada.

São exemplos o ex-ministro de Segurança Pública Zhou Yongkang, o ex-vice-presidente da Comissão Militar Central Xu Caihou e o ex-secretário pessoal do ex-presidente da China (Hu Jintao), Ling Jihua. No entanto, os processos ainda não chegaram aos tribunais.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade