Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Curiosidades

Cientistas descobrem espécie de dinossauro voador no Sul do Brasil



Crianças e fanáticos por dinossauros e outros animais pré-históricos poderão agora se familiarizar com uma nova espécie, descoberta por pesquisadores da Universidade do Contestado de Santa Catarina. Ao todo, fósseis de 47 pterossauros foram encontrados perto de um lago em Cruzeiro do Oeste, no sul do estado do Paraná, sendo retiradas mais de cinco toneladas de blocos de rochas.

O réptil voador, batizado de Caiuajara dobruskii, viveu durante o período Cretáceo, cerca de 70 milhões de anos atrás. O estudo, publicado na revista Plos One, mostra que os ossos pertenciam a animais de diferentes idades, com asas que variavam de 65 centímetros a dois metros, permitindo aos cientistas analisar o grau de maturidade desses répteis. Após análise, os pesquisadores descobriram que era uma nova espécie de pterossauro, tornando-se o registro de fósseis mais ao Sul do planeta desse grupo biológico.

As características que distinguem as novas espécies estão principalmente na sua cabeça, que apresentam uma saliência entre os olhos. Os jovens e adultos diferiam no tamanho e ângulo da crista óssea na parte superior da cabeça, que parecia ser pequena e inclinada para os mais novos, e grande e íngreme em adultos.

Segundo pesquisadores, o fato de ossos de 47 pterossauros serem encontrados juntos sugere que era uma espécie que vivia em colônias, e que pode ter sido capaz de voar em uma idade muito precoce.

As pesquisas iniciaram-se há três anos e envolveram o Centro Paleontológico da Universidade do Contestado (UNC), o Museu Nacional do Rio de Janeiro, a Universidade Federal do Paraná (UFPR ) e a Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente