Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


São Paulo

Contas atrasam e São Paulo tem 1 mi 800 mil ‘enforcados’



O percentual de famílias endividadas subiu 2,7 pontos e chegou a 51,1% em abril, segundo pesquisa divulgada  pela Federação do Comércio de São Paulo (FecomércioSP). Em números absolutos, 1,83 milhão de famílias possuem dívidas a pagar. Apesar do crescimento em comparação a março, o percentual é menor do que os 57,1% registrados em abril de 2013.

O endividamento aumentou mais entre as famílias com renda acima de dez salários mínimos. Nessa parcela da população, o aumento entre março e abril foi 8 pontos percentuais, ficando em 37,3%.  Entre as famílias que ganham abaixo de dez salários o crescimento dos endividados foi 0,9 ponto percentual e ficou em 55,9%. No grupo de famílias endividadas em abril, 29% têm contas vencidas e 9,8% dizem que não têm condições de quitar os débitos em 30 dias.

De acordo com a Fecomércio, o aumento do endividamento verificado em abril está relacionado à “persistente inflação”, principalmente dos alimentos, que tem pressionado os orçamentos familiares. “Diante desse cenário, para manter o padrão de consumo, as famílias estariam sendo forçadas a contrair novas dívidas”, destaca a entidade.

Daniel Mello, ABr

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente