Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Coréia do Norte cria exército de hackers para atacar defesa inimiga

Publicado

Foto/Imagem:


A Coreia do Norte duplicou o número de pessoas envolvidas em ciberataques durante os últimos dois anos e estabeleceu bases no estrangeiro, informou neste domingo a agência de imprensa sul-coreana. O objetivo é fragilizar os sistemas de defesa dos inimigos.

A unidade de “pirataria informática” da Coreia do Norte conta agora com 5.900 pessoas, contra cerca de 3.000 há dois anos, garante a agência Yonhap.

“O país comunista possui uma unidade de pirataria, sob a tutela do Bureau Geral de Reconhecimento, que tem cerca de 1.200 hackers profissionais”, revela a agência de imprensa sul-coreana, que cita uma fonte anônima.

Os hackers norte-coreanos também estão atuando a partir de bases no estrangeiro, especialmente no Japão, Estados Unidos e países europeus.

Nos últimos anos, os hackers norte-coreanos atacaram vários objetivos na Coreia do Sul, como agências militares, bancos, órgãos do governo, redes de televisão e sites de comunicação.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade