Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Corpo sem cabeça pode ter sido vítima de magia negra

Publicado

Foto/Imagem:


A polícia de Santa Catarina investiga o assassinato de um homem que teve a cabeça arrancada e o corpo carbonizado em Florianópolis. A primeira hipótese é a de que o caso possa envolver magia negra.

José Gabriel Machado, 30 anos, estava desaparecido desde agosto do ano passado. O corpo foi localizado nesta segunda-feira por agentes da Delegacia de Homicídios da capital enterrado numa mata fechada, enrolado em um tapete.

A identificação foi possível pelas roupas. As primeiras informações divulgadas no início da noite são de que a vítima foi morta na região sul da cidade e, em seguida, levada para o local onde foi decapitada e incinerada.

A Polícia Civil afirma ter suspeitos do homicídio e trabalha com a hipótese de que o crime tenha relação com magia negra. A vítima, que não tinha antecedentes criminais e trabalhava nas obras do PAC no bairro Maciço do Morro da Cruz, desapareceu após sair para comprar cigarros.

Outro fato que vem sendo investigado é por que a família só deu queixa do desaparecimento no último final de semana. Uma varredura será realizada para tentar localizar a cabeça da vítima.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade