Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eleições 2014

Crivella promete governo ético e se diz o único ‘Ficha Limpa’



O candidato a governador do Rio de Janeiro pelo PRB, senador Marcelo Crivella, promete governar com ética, caso seja eleito. “Vamos fazer um governo ético, capaz e para o povo”, disse nesta segunda-feira (11) nas redes sociais. Em seu site, divulga levantamento feito pela mídia de que ele é o único entre os quatro principais candidatos ao governo do estado que não tem pendências com a Justiça e por isso, é considerado “Ficha Limpa”.

“Como senador, conseguiu mais de R$ 140 milhões para o Estado do Rio.Usou dinheiro do próprio bolso em programas sociais. Foi eleito senador com aproximadamente 3,5 milhões de votos”, disse o texto do site de campanha do candidato.

O site afirma ainda que é boato de que o senador, bispo da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), fundada pelo tio dele, bispo Edir Macedo, misturará política com religião e governará somente para os evangélicos e a denominação dele. “Governar para igreja? Em sua vida pública, 10 anos como senador e 2 como ministro, Crivella nunca misturou política com religião, tudo que fez foi em benefício e a favor de todo o povo”, disse o texto.

Outro boato, segundo o site, é de que o governo dele será homofóbico e que discriminará a população LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais e Travestis). Recentemente, Crivella afirmou em entrevista a um canal de TV que “homossexualismo não é crime, mas é pecado”. “Governo homofóbico? Crivella quer governar para todos, sem distinção de raça, orientação e religião”.

O site negou que o candidato tenha qualquer problema com a Justiça. “Ações no STF? Crivella não tem nenhuma pendência com a Justiça, seja eleitoral, civil, estadual ou federal”, concluiu o texto. Os outros três principais adversários do candidato, o atual governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), Anthony Garotinho (PR) e Lindbergh Farias (PT), tem ações no Supremo Tribunal Federal (STF).

No final da manhã desta segunda-feira (11), Crivella caminhou em Petrópolis e à tarde, em Teresópolis e Guapimirim, na Região Serrana. À noite, (às 19 horas), em Piabetá (Magé).

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente