Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Cruzeiro perde para San Lorenzo e vê Libertadores mais difícil

Publicado

Foto/Imagem:


O Cruzeiro precisará de uma vitória diante da sua torcida para avançar às semifinais da Copa Libertadores. Nesta quarta-feira, os comandados de Marcelo Oliveira foram derrotados em Buenos Aires por 1 a 0 pelo San Lorenzo no jogo de ida das quartas de final da competição continental. Gentiletti fez o gol dos argentinos, que foram superiores no confronto, apesar de não terem criado uma quantidade significativa de chances de gol.

O primeiro tempo no Nuevo Gasómetro foi equilibrado, com o Cruzeiro tendo dificuldades para manter a posse de bola e conseguindo trocar poucos passes no ataque, enquanto o San Lorenzo tinha maior domínio sobre os brasileiros, sem ameaçar o goleiro Fábio.

Os argentinos até chegaram mais perto do primeiro gol, porém esbarraram em erros de finalização e furadas, em sua maioria originadas pelo lado esquerdo da defesa cruzeirense, onde o paraguaio Samudio teve dificuldades na marcação. Para a sorte dos comandados de Marcelo Oliveira, o meia Piatti estava com o pé descalibrado e desperdiçou as melhores oportunidades dos donos da casa.

O segundo tempo começou da mesma maneira, mas a falta de iniciativa do Cruzeiro finalmente resultou em uma chance claríssima de gol do San Lorenzo. Aos 9min, Fábio realizou uma defesa espetacular após cabeceio de Matos e ainda salvou o rebote de Correa na sequência. A bola ainda sobrou para os atacantes argentinos, mas a zaga do time mineiro conseguiu evirar nova finalização e afastar o perigo.

O susto fez o time brasileiro despertar na partida e conseguir trocar passes com tranquilidade pela primeira vez no jogo, ainda que sem muita objetividade. Ao manter a posse de bola, o Cruzeiro segurou a pressão inicial dos argentinos, que abriram o marcador aos 19min em uma cobrança de falta da intermediária, endereçada à cabeça do zagueiro Gentiletti. O camisa 6 desviou de dentro da pequena área, sem chances para o goleiro do clube mineiro.

Atrás no placar, os visitantes tentaram uma investida aos 22min, puxada pelo meia Éverton Ribeiro. O principal jogador do ataque cruzeirense carregou a bola pelo campo inteiro, atraiu a marcação da defesa do time mandante e rolou para Ricardo Goulart bater, desequilibrado, à esquerda do gol de Torrico.

Agora os comandados de Marcelo Oliveira precisarão no mínimo devolver o placar no Mineirão, na próxima quarta-feira, dia 14, na partida de volta das quartas de final. O Cruzeiro se classifica com vitórias por dois gols de diferença e pode ser eliminado mesmo em caso de vitória pela vantagem mínima, caso o San Lorenzo registre um tento fora de casa.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade