Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Cuidado ao assinar, porque se enganar, vai dar problema



Nair Assad, Edição

Muita gente ainda pensa que acordo pré-nupcial só é necessário quando a pessoa é rica ou famosa. No entanto, isso é um erro. Afinal, este é um documento que pode ser usado não só para proteger dinheiro e bens.

O casamento é, principalmente, a celebração do amor entre duas pessoas. No entanto, casar envolve várias questões jurídicas, o que pode tornar necessária a assinatura de um acordo pré-nupcial. É claro que ninguém casa pensando em se separar mas, caso isso ocorra, o acordo pré-nupcial pode fazer com que este processo seja muito menos doloroso e mais amigável.

O acordo pré-nupcial nada mais é do que um documento legal que estabelece e deixa claro direitos e obrigações de cada uma das partes. Leva em conta patrimônios anteriores, obrigações com filhos de outras uniões e todos os direitos e deveres que cada pessoa tem dentro da relação.

Para que um acordo pré-nupcial possa ser considerado legal, um contrato é formatado pelos advogados do casal explicitando os direitos e deveres de cada parte. Depois de aprovado e assinado, o documento é registrado em cartório e passa a valer. Ambas as partes envolvidas devem ter direito a opinar no contrato e discordar das cláusulas se achá-las abusivas. Nos cartórios atuais já até existe um contrato padrão pré-nupcial, que pode ser fornecido aos noivos.

A justiça trata os acordos pré-nupciais com muita seriedade, por isso é importante ter muita consciência ao assinar um documento destes. Se houver comprovação de que alguma das partes foi enganada ao assinar o acordo, ele pode ser cancelado, levando a preparação e assinatura de um novo documento mais justo

Mesmo que se discuta uma possível separação antes do casamento, é sempre importante pensar no futuro. Um acordo pré-nupcial deve ser encarado como qualquer outro documento e ainda pode prevenir o casal, caso ocorra uma separação, longas brigas judiciais por direitos e deveres de cada um.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente