Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Cultura de fora e simpatias para casamento dar certo



Os casamentos atuais são repletos de modernidades e tradições, incluindo simpatias para dar sorte. Mesmo o Brasil não tendo rituais originais nesse sentido, isso não impede as noivas de realizarem alguns de outras culturas e países.

A simpatia queridinha é uma tradição muito antiga que nasceu na Inglaterra, século, 19, que diz que para atrair a felicidade, a noiva deve levar com ela durante a cerimônia de casamento algo velho, algo novo, algo emprestado e algo na cor azul.

Algo velho: faz referência às relações familiares da noiva e à sua vida antes do casamento. Geralmente a noiva usa uma joia de família, o vestido ou acessório que foi de sua mãe ou avó.

Algo novo: representa sorte, o sucesso e a esperança de vida nova à frente. Pode ser um acessório, o sapato, a lingerie ou até mesmo seu vestido novo de noiva
Algo emprestado: item de uma pessoa que o casamento a noiva admira, lembrando que ninguém é feliz sozinho e que os amigos, familiares e os padrinhos estão ali para apoiar o casal em qualquer dificuldade.

Algo azul: indica amor, pureza e fidelidade (A Virgem Maria foi muitas vezes pintada em azul, representando sua pureza). Antes do final do século 19, azul era uma cor popular para vestidos de noiva. Através dos tempos, a tradição evoluiu, passando do uso da roupa azul para somente uma faixa azul amarrada na cintura da noiva.

Acreditava-se também que a peça azul “cortaria a inveja” e afasta o “mau olhado”. Pode ser uma lingerie azul cinderela, uma fita amarrada nesta cor ou ainda o queridinho e mais procurado pelas noivas: a persex azul.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente