Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Cutucado por Lula, Michel Temer vai tentar acalmar Renan Calheiros e Eduardo Cunha



O vice-presidente da República, Michel Temer, disse nesta quarta-feira 12, após avistar-se com Lula e lideranças do PMDB no Palácio do Jaburu, que vai tentar acalmar os ânimos deteriorados entre o presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL) e o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Uma das pautas do encomntro, que contou inclusive com a presença do ex-presidente José Sarney, foi a crise política que se abate sobre o País.

“Temos de ter uma conjugação de todos os setores do Brasil e no próprio Legislativo”, disse o vice-presidente, numa referência ao Projeto Brasil, que Renan levou à presidente Dilma na terça-feira. Ele anunciou para breve uma reunião conjunta entre o Senado e a Câmara para debater o tema.

Temer disse que Lula achou positiva a declaração dada por ele na semana passada, quando alertou para a gravidade da crise. Segundo o vice-presidente, Lula elogiou o plano apresentado por Renan. “Mais do que nunca, nós todos estamos atrás de um amplo entendimento. O Lula tem experiência e sensibilidade para detectar a necessidade urgente de congregação”, afirmou.

Temer negou que o presidente do Congresso queira isolar a Câmara ao apresentar o plano de governabilidade, de agenda conjunta com o governo, independente da outra Casa legislativa. “(Renan) Jamais quis isolar o Senado em relação à Câmara e a sensação que eu tenho é a de que a Câmara vai colaborar”, disse.

Após o encontro, que durou quase três horas, o vice, que atua como articulador político da administração federal, seguiu para um almoço com a bancada do PMDB na Câmara, na casa do chefe de gabinete da Secretaria de Relações Institucionais, o peemedebista Tadeu Filippelli. Na reunião entre os deputados, estava Eduardo Cunha.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente