Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


São Paulo

Deputados aprovam e acaba a revista íntima em prisão paulista



A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou lei que proíbe a revista íntima em visitantes de presídios do Estado. O texto segue para sanção do governador Geraldo Alckmin.

O PL 797/2013, de autoria do deputado José Bittencourt (PSD), tem por objetivo evitar a exposição dos visitantes a situações vexatórias quando da sua visita a parentes nos 160 presídios do Estado, tais como “despir-se”, “fazer agachamentos ou dar saltos” e “submeter-se a exames clínicos invasivos”.

A proposta é substituir a revista íntima por revista feita por uma revista unicamente mecânica, por meio de scanners, detectores de metal e aparelhos de raio X.

O projeto afirma que, “com a atual tecnologia à disposição, a revista eletrônica feita através de scanner corporal, aparelho de raio X, detectores de metais é capaz de identificar armas, explosivos, drogas e similares, sendo usada inclusive pelos setores de imigração internacional para prevenção de terrorismo, é o instrumento adequado e eficiente para preservação da segurança nos estabelecimentos penais.”

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente