Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Dia das Mães está chegando; evite gafes com os presentes

Publicado

Foto/Imagem:


As preocupações de uma mãe com os filhos, de todas as idades, começam logo no café da manhã e só param quando a prole cai no sono. Dona de um amor incondicional, elas merecem receber presentes caprichados e serem muito paparicadas no seu dia.

Afinal, todo mundo deseja ver a mãe feliz nesta data tão especial. Por isso, antes de sair às compras ou planejar algo legal, confira algumas dicas fundamentais para fugir das gafes e não fazer feio.

Um dos presentes mais dados para as mamães de todo o Brasil, o tradicional buquê de flores, ao contrário do que se imagina, nem sempre é uma opção segura. “Os arranjos, apesar de bonitos, dão trabalho danado paras as mães, que terão de colocá-los em um vaso e regar as suas plantas. Neste dia, elas só querem curtir os filhos, sem ter que se dedicar a tarefas”, explica Virginia Gargiulo, professora de etiqueta de São Paulo.

Apesar disso, flores plantadas em vaso, como azaleia, bromélia e orquídea, estão liberadas, pois permitem a passagem para o jardim com mais facilidade, além de durarem mais.

Como a maioria das donas de casa  monta  e decora  o lar de acordo com o seu gosto pessoal, presentear a mãe só com enfeites não é legal. “Dar um quadro ou enfeites de centro de mesa, então, é uma gafe”, alerta a especialista. Contudo, pode-se optar sem medo por acessórios como xícaras, taças e porta-retratos que quebram com facilidade e, por isso, costumam estar sempre na lista de aquisições das mamães.

No tradicional almoço de Dia das Mães, a prática comum de levar um prato ou sobremesa para enriquecer o cardápio não é nada bem-vinda no segundo domingo de maio. Afinal, esse tipo de situação pode dar a entender que a mãe não sabe receber os convidados ou que não cozinha bem. “Neste dia, ela tende a fazer tudo com mais carinho e não vai gostar de ver os seus pratos competindo com outros”, ressalta a professora.

Apesar de a escolha dos presentes ser baseada na maioria das vezes no estilo e nas preferências pessoais de cada mãe, nem sempre a compra pode ser certeira. Por isso, é fundamental comprar roupas ou objetos em lojas grandes, de preferência em shoppings, para facilitar a troca. “Não é feio trocar presente. Gafe é oferecer presente de bazar, por exemplo, que não permite a substituição”, orienta.

O segundo domingo do mês de maio é só das mães. Nesta data, elas querem aproveitar ao máximo os seus filhos e os presentes que foram dados. Por isso, não é um bom momento para apresentar um namorado novo, por exemplo, ou chegar em casa com uma visita. “Além de terem que dividir a atenção dos filhos, elas ainda podem ficar preocupadas em agradar os convidados e não curtirem o seu dia”, destaca Virginia.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade