Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Economistas fazem as contas e Brasil bate Argentina na final

Publicado

Foto/Imagem:


Um estudo detalhado dos economistas do grupo financeiro multinacional Goldman Sachs apontou que o Brasil tem 48,5% de chance de ser campeão da Copa do Mundo de 2014. A equipe de Felipão é a grande favorita, seguida pela Argentina, com 14,1% de chance – de acordo com a previsão, o time de Messi será derrotado por 3 a 1 pela Seleção na final.

O trabalho usa um modelo baseado no retrospecto e nas características de cada seleção. Outras previsões de destaque são de que a Espanha e a Alemanha serão eliminadas nas semifinais, enquanto a Inglaterra não passará da primeira fase, vendo as vagas do Grupo D serem ocupadas por Itália e Uruguai.

Esta foi a quinta edição do relatório do grupo Goldman Sachs, que produz este tipo de estudo desde a Copa de 1998, na França. No Mundial da África do Sul, em 2010, a previsão era de que o Brasil seria campeão, vencendo a Espanha na final, mas foram os espanhóis que levaram a taça, derrotando a Holanda na decisão.

Na Olimpíada de 2012, porém, o estudo foi bastante preciso: previu 30 medalhas de ouro e 65 medalhas no total para a Grã-Bretanha, errando por apenas uma medalha dourada – a delegação britânica conquistou somente 29.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade