Cidades limpas

Em apenas um mês, força-tarefa já retirou 102 toneladas de lixo

Foto: Agência Brasília
Pedro Nascimento, Edição

Em 30 dias da operação Bocas de Lobo, coordenada pela Secretaria das Cidades, 102 toneladas de lixo foram retiradas de bueiros de Taguatinga e do Plano Piloto. A ação, iniciada em 17 de outubro, tem como objetivo amenizar os transtornos causados pelas chuvas em pontos considerados críticos pela Defesa Civil.

No período, 2.910 espaços foram limpos. Entre os materiais encontrados estão entulhos, garrafas e sacos plásticos. Nessa quinta-feira (16), por exemplo, as equipes recolheram 96 quilos de panfletos em bocas de lobo da QNA 11 de Taguatinga.

Cerca de 30 servidores, de diversos órgãos do governo, se revezam para fazer a limpeza das bocas de lobo nas vias públicas. Eles identificam pontos obstruídos e retiram o lixo acumulado. A ação também faz a troca de tampas e grades danificadas.

Participam da força-tarefa as Administrações Regionais do Plano Piloto e de Taguatinga, o Corpo de Bombeiros, a Defesa Civil, o Departamento de Trânsito (Detran-DF), a Polícia Militar do DF e o Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

De acordo com a Secretaria das Cidades, a operação Bocas de Lobo ainda não tem previsão de término. Além da ação especial, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) limpa cotidianamente as bocas de lobo do DF. Recentemente, o órgão atuou em todas as tesourinhas das Asas Sul e Norte.

O programa Cidades Limpas – O reforço na limpeza das bocas de lobo do Plano Piloto e de Taguatinga é uma ação do programa Cidades Limpas, que, desde novembro do ano passado, visita as regiões administrativas para revitalizar áreas públicas.

Até agora, 27 cidades receberam as melhorias feitas por órgãos do governo de Brasília, com a coordenação da Secretaria das Cidades.

COMPARTILHE