Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Espanha investiga vídeo de curso da polícia que explora sensualidade



Vídeos usados no curso de primeiros socorros da Polícia Nacional da cidade de Jaca, na província de Huesca, na Espanha, estão sendo acusados de “sexistas” e “degradantes” em relação ao trato com as mulheres.

Nas imagens, patrocinadas por uma marca de lingerie e pela Associação Americana do Coração, modelos usam roupas íntimas enquanto são “socorridas” e os movimentos sugeririam erotismo, segundo informações do jornal El País.

Entre as reações contrárias ao vídeo, estão a da própria sede da Polícia de Aragão que classificou os vídeos como “inadequados” e publicou um pedido de desculpas, e da Secretária de Igualdade do Partido Aragonês (CHA, na sigla em espanhol), Letícia Crespo, que lamentou o uso de “vídeos machistas dentro dos cursos de formação do Corpo de Polícia”.

A Secretária pediu a abertura de uma investigação interna para delimitar as responsabilidades pelo trato humilhante  às mulheres.

Segundo a Polícia de Aragão, as imagens não fazem parte do material oficial do curso e foram usados por dois professores do curso com a intenção de “ensinar com humor”.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente