Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


São Paulo

Falha deixa cidades de SP e bairros da capital sem luz



Quatro cidades da Grande São Paulo e diversos bairros da capital paulista foram afetados na tarde de terça-feira (4) por uma “falha no Sistema Interligado Nacional” de energia, segundo relato da AES Eletropaulo. O Operador Nacional do Sistema (ONS) afirmou que um problema na linha que liga o Norte ao Sudeste do causou desligamento de sistema às 14h03, afetando parte das regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste.

Na capital paulista, além de deixar moradores sem luz, a pane afetou a circulação da Linha 4 Amarela, do Metrô, e o funcionamento de semáforos na capita paulista. A AES Eletropaulo não divulgou uma estimativa do total de clientes afetados.

Segundo a AES Eletropaulo, foram afetados Vargem Grande Paulista, Embu, Diadema e Cotia, da área de concessão da distribuidora. Bairros da Capital paulista também foram impactados, como: Capão Redondo, Pedreira, Cidade Ademar, Mooca, São Mateus, Vila Prudente, Itaquera, Vila Mariana, Guaianases e Vila Matilde.

De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 15h45 havia 32 semáforos apagados ou em amarelo intermitente na cidade. A CET diz que as regiões Oeste, Sul e Leste da cidade têm semáforos apagados em alguns cruzamentos, por isso os motoristas devem redobrar a atenção e reduzir a velocidade.

A ViaQuatro, que opera a Linha 4-Amarela, relata que teve uma “falha no sistema elétrico de tração entre o trecho das estações Paulista e Luz” nesta tarde. A concessionária informou, às 15h40, que a operação foi restabelecida às 15h18. A assessoria do Metrô informou que não foram identificados problemas em outras linhas.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente