Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

FHC ataca Lula, ‘o velho papa CPI quando era da Oposição’



O ex-presidente da República Fernando Henrique Cardozo (1995-2002) entrou de vez na campanha eleitoral para enfraquecer cada vez mais o PT e seus aliados. E o alvo maior não é a presidente Dilma Rousseff, mas o antecessor Luiz Inácio Lula da Silva.

Uma mostra do que vem por aí foi dada nesta quarta-feira. Segundo FHC, a postura do seu adversário é equivocada quando tenta brecar investigações, pelo Congresso, de desmandos no governo petista. Ele questionou o fato de Lula cobrar uma ação mais firme do Planalto para impedir a instalação da CPI da Petrobras.

Segundo FHC, “a tentativa de se impedir a CPI é errada. O presidente Lula deveria ser o primeiro (a pedi-la). Ele pedia tanta CPI no meu tempo, por que agora ele está contra?”. A declaração aos jornalistas aconteceu na tarde desta quarta-feira, após o lançamento do livro O Improvável Presidente do Brasil, de sua autoria, na Associação Comercial do Rio de Janeiro, no centro da capital fluminense.

Na última terça-feira, Lula deu uma entrevista para blogueiros na internet na qual criticou veementemente o que chamou de falta de punhos do atual governo Dilma em defender a todo custo as tratativas da oposição de se instalar uma CPI da Petrobras. “Não é de acordo com a Constituição, eu não faria essa declaração”, completou FHC.

Também nesta tarde, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou a instalação do inquérito de forma ampla, com apuração conjunta sobre as denúncias de cartel sobre o Metrô de São Paulo e as atividades do porto de Suape (PE). Numa manobra do governo, no entanto, o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) postergou para a semana que vem a decisão final sobre a instalação da CPI da estatal petroleira.

Essas tratativas para impedir (a instalação da comissão) eu vejo com preocupação, pois se o governo está tão preocupado em impedir a suspeita aumenta e se tem a ideia de que tem algo errado. Tem que se olhar isso com atenção”, disse ainda o ex-presidente tucano, cujo partido também está envolto em outra polêmica, desta vez acerca do cartel do transporte público subterrâneo da capital paulista.

“Teria que ter outra CPI. O chamado do Metrô de São Paulo é de corrupção de pessoas, é diferente, mas se quiser se apurar, eu acho que deve apurar”, disse ainda FHC.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente