Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Veículos

Fiat bate o martelo e decide montar o hatch X6H e o sedã X6S na fábrica de Betim



A Fiat bateu o martelo: o novo Tipo não virá ao Brasil nem como importado. Ele será o responsável por dar o tom do design dos próximos modelos da marca no país: o hatch X6H e o sedã X6S, que estão sendo desenvolvidos sobre uma versão ampliada da plataforma 326 do atual Palio (2012)

Ambos foram desenhados pelo centro de estilo da Fiat em Betim (MG) e terão detalhes específicos de design, mas sempre seguindo a diretriz visual do novo Tipo (o hatch para o X6H e o sedã para o X6S).

Na comparação com os modelos europeus, nossos carros serão um pouco menores. Isso porque, enquanto lá fora o Tipo substituiu o Bravo, por aqui o X6H ocupará mais o lugar do Punto que do Bravo – já que o segmento de hatches médios está agonizando. Por sua vez, o sedã X6S aposentará o Linea e talvez as versões mais caras do Grand Siena.

O X6H será produzido em Betim (MG) a partir de 2017, enquanto o X6S virá exclusivamente da Argentina também no próximo ano. A dupla será equipada com motor 1.8 E.TorQ e câmbio automático de seis marchas (também haverá câmbio manual), além da direção elétrica Dual Drive (com modo ainda mais leve para manobras), sistema stop/start e controle de estabilidade. Nas versões de entrada, o hatch usará o novo 1.3 GSE de 109 cv que vai estrear no Uno em breve.

Além do hatch e do sedã, a nova linha “6” da Fiat incluirá ainda uma picape para substituir a Strada. Conhecida até então sob o codinome X6P, ela chegará em 2018 com porte superior à atual.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente