Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Gaúchas vestem rosa, fecham com Aécio e fazem coro com ‘Fora, PT!’

Publicado

Foto/Imagem:


O candidato à Presidência da República pelo PSDB, Aécio Neves, cumpriu extensa agenda de campanha na região Sul do país, passando por cinco cidades e três Estados. O dia começou em Porto Alegre e seguiu por Santa Maria (RS), Caxias do Sul (RS), Blumenau (SC) e São José dos Pinhais (PR). Da capital gaúcha, rumou para Caxias um grupo de mulheres que trabalham voluntária e diariamente pela vitória de Aécio nas eleições: o grupo “Família Esperança”.

Trata-se, revela reportagem do Uol, de uma equipe feminina que veste rosa e anda pelas ruas de Porto Alegre diariamente, fazendo campanha por Aécio e pela candidata ao governo do Rio Grande do Sul Ana Amélia (PP), que concorre contra o atual governador e candidato à reeleição, Tarso Genro (PT).

Em Caxias, elas estavam lá, esperando pelo seu candidato, vestindo rosa, portando bandeiras e cheias de disposição. À reportagem do UOL, explicaram quem são, o que querem e o que não querem. “Aqui nós temos policiais militares, psicólogas, donas de casa, professoras… Todas que estão descontentes com a política atual”, contou Lecinha Lopes de Oliveira, “empresária independente” e uma das líderes do grupo.

Lecinha explicou mais: “Somos todas voluntárias, não estamos ligadas a nenhum deputado. Nosso grupo se chama ‘Família Esperança’. É Aécio e Ana Amélia. Nós queremos fora o PT, pelo amor de Deus, fora Tarso, fora todo mundo! Nós somos Aécio, Aécio!”.

As militantes voluntárias explicaram que trabalham diariamente pelas ruas de Porto Alegre. A cada dia, pelo menos 15 delas andam em campanha pelas ruas da capital gaúcha (no final de semana, o grupo aumenta). Ao todo, são cerca de 30 mulheres, algumas delas com filiação partidária, ao PP (Partido Progressista), ao Solidariedade e a outras legendas que apoiam a candidata Ana Amélia no Rio Grande do Sul.

Independentemente do partido, uma causa comum as une, conforme explicaram em muitas vozes, com ênfase, à reportagem: “Nós queremos tirar o PT do governo. Nós queremos um governo para os nossos netos, para a nossa família. Por isso o nosso grupo chama-se ‘Família Esperança'”.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade