Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Gays denunciam perseguição por grupo de jovens no Flamengo



Depois do caso de um adolescente que foi preso a um poste no Flamengo, na Zona Sul do Rio, homossexuais denunciaram terem sido perseguidos, no domingo (2), por um grupo de jovens no bairro.

Eliseu Neto é representante do Comitê Carioca LGBT, que protege homossexuais. Ele foi procurado por um amigo gay, que contou ter sido perseguido por um grupo com 25 a 30 jovens quando conversava com dois rapazes no Aterro do Flamengo.

“Os garotos começaram a se espalhar por todo o Aterro do Flamengo e tentaram espancar todos os gays que tivessem. Parece que falaram: “os gays estão aqui, desce pra cá”. Chamando mais gente como se fosse uma diversão de caça aos homossexuais. Meninos com tacos na mão. De classe média alta”, contou.

Os homossexuais conseguiram fugir e o caso não foi registrado na delegacia. Mas, nesta sexta-feira (7), representantes do comitê vão se reunir com a PM para discutir ações para prevenir esse tipo de violência.

Menor agredido

Na semana passada, um outro caso, também no Flamengo, chamou a atenção. Um menor foi agredido e preso a um poste. Ele estava nu, com várias lesões e foi levado para o hospital de onde depois fugiu.
Na quarta-feira (5) ele se apresentou em um abrigo da Prefeitura. O menor já tinha passagens pela Vara da Infância e Juventude por roubo e furto e havia contra ele um mandado de busca e apreensão. O adolescente conta que foi abordado por cerca de trinta homens em motos. Um deles armado.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente