Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Paraíba

Greve dos carteiros deixa 1 mi de correspondências mofando



A Empresa de Correios e Telégrafos deixou de entregar, na Paraíba, cerca de 1 milhão e  trezentas mil correspondências desde o início da greve, em 30 de janeiro. A informação é do diretor regional dos Correios, José Antônio Trajano.

Desse total, 1 milhão e 250 mil são de correspondências simples e cartas registradas. O diretor regional dos Correios também afirma que as entregas de Sedex e Pac estão praticamente normalizadas e que no período de quase um mês de greve, estão sendo entregues uma média de 110 mil cartas diariamente.

José Antônio Targino  diz que, na audiência de conciliação realizada na segunda-feira (24), em Brasília, o Tribunal Superior do Trabalho pediu que os funcionários voltassem ao trabalho imediatamente, mas a Federação e os Sindicatos decidiram não voltar. O ministro responsável informou que haverá julgamento do dissídio coletivo somente após o carnaval.

“Estamos fazendo um esforço enorme para que a população não sofra prejuízo. Também vale ressaltar que as nossas unidades de atendimento nunca fecharam, estão todas em funcionamento”, finalizou o diretor regional dos Correios.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente