Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Hamilton dá show na Espanha e vence de ponta a ponta; Massa é 13º

Publicado

Foto/Imagem:


Lewis Hamilton viveu um domingo especial. O piloto da Mercedes desfilou pelo circuito de Montmelò e, pela primeira vez em sua carreira, ganhou o GP da Espanha. A quarta vitória consecutiva nesta temporada o levou a assumir a liderança do Mundial, superando Nico Rosberg, seu companheiro de equipe e segundo colocado na prova. Felipe Massa terminou em 13º, bem atrás de Valteri Bottas, seu companheiro na Williams. O finlandês.foi o quinto, à frente das duas Ferraris.

Em 2014, Hamilton só não venceu o GP da Austrália, quando abandonou a prova. As vitórias na Malásia, Bahrein e agora na Espanha o levaram aos 100 pontos, três a mais do que Rosberg. Para quem esperava uma aproximação dos demais concorrentes do ritmo dos carros da Mercedes, o resultado em Montmelò esfriou as esperanças.

Esta foi a quarta dobradinha da Mercedes na temporada. A equipe lidera o Mundial de Construtores com uma diferença de mais de cem pontos sobre seu concorrente mais próximo.

Na largada, Hamilton e Rosberg mantiveram suas posições e logo começaram a abrir distância para os rivais. Bottas saiu bem e ultrapassou Ricciardo para assumir o terceiro lugar. Assim como seu companheiro de equipe, Massa também ganhou uma posição e pulou para oitavo. Vettel, que largou em 15º após trocar o câmbio de sua Red Bull, teve dificuldades no pelotão intermediário.

Na parte de trás do grid, Pastor Maldonado voltou a aprontar. O venezuelano, que já havia cometido outras ‘barbeiragens’ nas corridas anteriores, tocou na Caterham de Ericsson e sofreu uma punição de cinco segundos.

Após a primeira parada nos boxes, Ricciardo conseguiu ultrapassar Bottas e foi para terceiro. Os carros da Mercedes adotaram estratégias diferentes: Rosberg parou depois de Hamilton e colocou pneus mais duros (e lentos) do que o britânico – um indício de que tentaria fazer menos pit stops.

Enquanto Hamilton e Rosberg se revezavam para ver quem fazia a volta mais rápida, Räikönnen e Alonso ultrapassaram Grosjean e pularam para quinto e sexto, respectivamente. Na 30ª volta, Massa fez sua segunda parada nos boxes. O brasileiro foi superado por Vettel, mas ultrapassou Magnussen para ficar em nono.

Hamilton, que havia reclamado pelo rádio que seu carro estava saindo de traseira, fez sua última parada nos boxes na 44ª volta e colocou pneus mais duros em seu carro. Duas voltas depois, foi a vez de Rosberg parar, colocar pneus médios e voltar atrás do britânico, mas andando mais rápido.

Com pneus mais macios do que Hamilton, Rosberg aos poucos se aproximou do companheiro de equipe e o ameaçou nos momentos finais, mas o britânico recebeu a bandeirada. Já Alonso levou a melhor na briga interna com Räikkönen, ultrapassou o finlandês e terminou em sexto.

A próxima etapa da temporada da F-1 é o GP de Mônaco, em 25 de maio, no circuito de rua de Montecarlo.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade