Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Inter fica no 0x0 com Criciúma mas mantém a ponta da tabela

Publicado

Foto/Imagem:


O Internacional dominou o jogo e teve as melhores oportunidades com um homem a mais desde o primeiro tempo, mas não saiu de um empate por 0 a 0 diante do Criciúma neste domingo, no Estádio Heriberto Hülse, em Santa Catarina. O resultado mantém os colorados na liderança isolada do Campeonato Brasileiro após cinco rodadas disputadas.

Agora, o time de Abel Braga soma 11 pontos, contra 10 de Cruzeiro, Grêmio e Goiás, que venceram na rodada. Já o Criciúma, que teve o lateral Eduardo expulso, foi para quatro pontos, mas não saiu da zona do rebaixamento, terminando a rodada na 17ª colocação.

Na próxima rodada, o líder Inter enfrenta o Coritiba, novamente fora de casa, no Couto Pereira. Já o Criciúma recebe a Chapecoense no Heriberto Hülse.

Traumatizado com a goleada por 6 a 0 na rodada anterior diante do Botafogo, o Criciúma entrou em campo mais preocupado em evitar um novo vexame do que tentar vencer o Internacional. O time da casa montou uma verdadeira trincheira, que dificultou muito a vida colorada. Ainda mais porque o meio-campo do time de Abel Braga não conseguiu imprimir o mesmo dinamismo que o levou ao topo da tabela.

A retranca foi tanta que o meia Paulo Baier passou o a partida quase toda sendo o jogador mais avançado da equipe catarinense. As chances de gol do Inter foram raras. E quando vieram, não foram aproveitadas devidamente, como no lance em que Juan ficou totalmente livre após cobrança de escanteio.

A esperança da torcida do Internacional era que o duelo ficasse mais fácil com a expulsão do lateral direito Eduardo, no fim do primeiro tempo, após deixar o braço no rosto de Alex. Mas foi a senha para que o Criciúma colocasse as costas ainda mais perto do gol de Galatto. Silvinho ficou sendo a única válvula de escape do time e perdeu quase todos os duelos com a zaga colorada.

Diante da muralha catarinense, Abel até tirou um dos volantes para colocar Otávio e sacou Alex, dando lugar a Wellington Paulista. Mas à medida que o Inter tinha mais gente na frente, Wagner Lopes colocava mais jogadores atrás. E ainda tinha Galatto para atrapalhar os planos gaúchos, com ótimas defesas.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade