32 Cartas

José Juvêncio, nas palavras de Aguinaldo Tadeu

Foto/Divulgação
Carolina Paiva

José Juvêncio, o rapaz que amava pipocas, tinha fama de preguiçoso, mas só precisava de permissão para trabalhar com o que gostava. Os jogos de xadrez, War e damas aprontam uma rebelião sobre a cômoda do quarto de um rapaz, jogador relapso. Hudson resolveu decorar o dicionário de cabo a rabo e espantou os amigos. Esses são alguns dos deliciosos personagens criados por Aguinaldo Tadeu, escritor mineiro radicado em Brasília. Herdeiro do dom especial dos nascidos em Minas Gerais para contar ‘causos’, deixa fluir a imaginação pródiga em narrativas cativantes, escritas de maneira coloquial, que conquistam de imediato a simpatia do leitor – quando não causam boas risadas. O livro será lançado nesta quarta, 6, no Bar Sebinho, na Asa Norte.

COMPARTILHE