Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Justiça gaúcha condena serial killer de taxistas a 55 anos de prisão

Publicado

Foto/Imagem:


A Justiça do Rio Grande do Sul condenou, nesta segunda-feira, Luan Barcelos da Silva, 21 anos – assassino confesso de seis taxistas no Estado -, a 55 anos de prisão por matar e roubar três taxistas na cidade de Porto Alegre.

Luan foi preso em abril de 2013, depois de cometer os assassinatos em março. Além das três mortes em Porto Alegre, o jovem será julgado também pelo homicídio de outros três taxistas; dois na cidade de Santa do Livramento, no interior gaúcho, e um em Rivera, no Uruguai.

Para a juíza Betina Meinhardt Ronchetti, da 1ª Vara Criminal do Foro Regional do Alto Petrópolis, responsável pela sentença, as provas contra Luan são incontestáveis, já que, nas “vestes e mochilas apreendidas na posse de Luan, no apartamento em que morava, foram encontrados resquícios de sangue e na pesquisa de DNA constatou-se que se tratava justamente de sangue de duas das vítimas”.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade