Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eleições 2014

Justiça joga um balde de água fria no Buriti. Agnelo x Arruda?



Pronto. O mistério chegou ao fim e não haverá mais o dia “D” para o ex-governador José Roberto Arruda. Uma carta da manga que ninguém esperava foi tirada pelos advogados do ex-governador. Pegou o meio político de surpresa. O julgamento que ocorreria neste dia 25 de junho, foi adiado pelo Superior Tribunal de Justiça. O jogo está praticamente definido. Será o verde contra o vermelho: Agnelo contra Arruda.

Agora, só resta saber quem serão os aliados do ex-governador. Na tarde desta terça-feira,24, informações davam conta que o vice de Arruda estava mais que escolhido. Não foi anunciado ainda porque o nome sugerido enfrentou uma enorme rejeição à indicação por parte da executiva nacional do seu partido, o PR.. Que, ressalte-se, já está sendo “trabalhado”.

As imagens de Arruda recebendo dinheiro ainda pesam bastante. Isso causa uma resistência a nível nacional e tem prejudicado as articulações, mas não deverá ser empecilho para arrebanhar aliados. Ainda mais com os argumentos que serão utilizados por Arruda para justificar o ato.

O adiamento do julgamento caiu como um balde água fria no Palácio do Buriti. A teia de aranha criada pelas hostes petistas, que já contavam com a derrocada de Arruda nos tribunais, não colou. Quem quiser derrotar o ex-governador vai ter de encarar as urnas. A missão não será fácil. O champanhe e os charutos cubanos continuarão na embalagem. Não serão espocados nem acesos tão cedo.

Parte da oposição já sinaliza uma composição e as convenções dirão quais partidos irão compor com a chapa arrudista. Arruda deve arregimentar todo mundo. Basta lembrar que o ex-governador lidera em todas as pesquisas. Os números apontam que a sua vitória seria ainda em primeiro turno. E o alerta vermelho foi acionado. A base petista tremeu.

Outro que levou uma bordoada com a praticamente decidida candidatura de Arruda, foi o pré-candidato PSDB, Luiz Pitiman, que está cada vez mais isolado em seu ninho. O tucano não agrega. Parte da oposição já decidiu a quem apoiar. Um exemplo é o Solidariedade, de Augusto Carvalho, que caiu nos braços do PSB, de Rodrigo Rollemberg. O PSD de Rogério Rosso deve ir no mesmo caminho. E ainda tem a possibilidade de indicar o vice na chapa socialista. O que restaria a Pitiman seria um chapa puro sangue. Mas essa seria uma jogada muito arriscada. Portanto, Luiz Pitiman está mais que ilhado. E ao tomar conhecimento da decisão que beneficia Arruda, foi nocauteado como lutador que fica nas cordas.

Mas a sucessão ao Palácio do Buriti ainda não está definida. O cenário atual é que teremos um embate entre o verde e o vermelho. Arruda terá muito trabalho pela frente. E Agnelo terá muito trabalho para segurar aquele que surge hoje como seu maior adversário.

A caneta do governador terá de despejar mais tinta do que nunca. Que comecem as eleições 2014.

Odir Ribeiro, blog Rádio Corredor

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente