Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eleições 2014

Luciana Genro promete voto a adversário do pai pelo governo



A candidata do Psol à Presidência da República, Luciana Genro não vai votar em seu pai, Tarso Genro, postulante ao governo do Rio Grande do Sul pelo PT. Em partido diferente do de Tarso desde 2003, Luciana afirmou que votará em Roberto Robaina (Psol) como futuro governador gaúcho.

“Hoje sou candidata a Presidência da República pelo Psol e meu pai candidato à reeleição pelo PT. Meu voto para governador é de Roberto Robaina, candidato do PSOL, que por coincidência é pai do meu filho, Fernando, 26 anos. O voto do meu pai deve ir para Dilma”, explicou Luciana.

A candidata do Psol também lembrou o porquê da sua saída do PT em 2003 para a posterior fundação da legenda pela qual ela concorre à Presidência. Segundo Luciana, a aproximação do seu ex-partido a antigos rivais como José Sarney foi o que motivou a separação.

“O comum é que a filha fosse sua seguidora, braço direito, aliada incondicional. Mas não é bem assim. E não ser assim é o que faz a beleza da nossa história. Em 2003 quando ele era ministro do Lula eu saí do PT e iniciei a construção do PSOL. Meu falecido avô Adelmo, pai do meu pai, escreveu na ocasião: ‘ela puxou ao avô, não lambe o prato que cuspiu’. Ele fazia alusão ao fato de que eu não aceitava as mudanças que se operavam no PT, que se juntou a Sarney e outras figurinhas outrora repudiadas pelo partido”, explicou Luciana Genro.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente