Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Eleições 2014

Marconi Perillo fica no cargo para governar Goiás pela quarta vez



O governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB) conseguiu se reeleger neste domingo (26) e vai permanecer no comando do Palácio das Esmeraldas pela quarta vez a partir de 1º de janeiro de 2015. Ele já governou o Estado de 1999 a 2002, de 2003 a 2006 e voltou ao governo em 2011, seu atual mandato.

O tucano confirmou o favoritismo das pesquisas eleitorais e venceu o veterano Iris Rezende (PMDB) no segundo turno. Perillo já havia terminado na frente na disputa no primeiro turno.

Esta foi a terceira vez que Perillo e Rezende se enfrentaram no segundo turno pelo governo goiano. Nas outras duas ocasiões, em 1998 e em 2010, o tucano também venceu a disputa.

O vice de Perillo é o mesmo de seu atual governo, Zé Eliton (PP), presidente estadual da sigla em Goiás. O grupo político do tucano governa o Estado há quatro mandatos consecutivos. Contando o atual, foram três mandatos de Perillo e um de Alcides Rodrigues (PP), que foi vice na chapa do tucano durante seus dois primeiros governos.

A coligação do governador conseguiu eleger 24 dos 41 deputados da Assembleia Legislativa de Goiás, o que garante maioria para aprovar projetos no próximo mandato. Em entrevista após a divulgação do resultado do primeiro turno, Perillo comemorou a formação de uma bancada estadual “muito expressiva”.

Durante a campanha do segundo turno, Perillo recebeu apoio de políticos do PSDC, do PSC e do PSB, que haviam lançado candidatura própria ao governo goiano no primeiro turno. Uma das surpresas entre os apoios à reeleição do tucano foi o do empresário José Batista Júnior, o Júnior Friboi, do PMDB, partido de Rezende.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente