Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Menor é suspeito de empurrar homem da Pedra da Gávea



A mãe de João Marcello Vieira Lago, de 27 anos, encontrado morto no sábado (5), disse, nesta segunda-feira (7), que a polícia acredita que um menor de 12 anos – acolhido por João – é o principal suspeito da morte do filho. João Marcello morreu após cair da Pedra da Gávea, na Zona Sul do Rio. O corpo foi resgatado por bombeiros no sábado. A Polícia Civil informou que o caso está sob sigilo e não deu detalhes da investigação.

De acordo com mãe, Marcia Valentina Vieira, o menor é suspeito de empurrar João do alto do ponto turístico para roubar o celular e a bicicleta dele.

João tinha levado os dois menores, moradores de rua, para sua casa havia duas semanas e os tratava como se fossem da família. Ele morava com a mãe na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade.

De acordo com Marcia, a polícia faz buscas pelo menor de 12 anos. Até as 14h desta segunda, ele não havia sido localizado. O outro menino, mais novo, não é apontado como suspeito, ainda segundo a mãe de João Marcello. Ele teria, inclusive, devolvido a bicicleta roubada à família.

Abalada, a mãe se disse surpresa com o desfecho da história que começou com um ato de caridade de João Marcello. No entanto, Marcia contou que já havia alertado o filho sobre o perigo de acolher dois meninos desconhecidos em sua própria casa.

“Ele dizia que era o pai dos garotos, e eu dizia que não é assim que se cria. Ele levou os dois para dentro de casa. Falei que deveríamos ajudar, mas não desta forma. Mas jamais pensei que ele [o menor de 12 anos] ia ter essa maldade de fazer o que fez”, disse a mãe na porta da 16ª DP (Barra da Tijuca), onde o caso está sendo investigado.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente