Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Nars larga em 18º, chega em terceiro e assume vice-liderança

Publicado

Foto/Imagem:


Contando com uma boa dose de sorte e muito talento, sobretudo na largada, o piloto brasileiro Felipe Nasr, da equipe Carlin, terminou em terceiro na primeira prova deste fim de semana em Mônaco pelo Mundial de GP2, disputada nesta sexta-feira, e agora é o vice-líder da temporada, atrás apenas do Jolyon Palmer (Dams), que venceu a corrida.

Nasr era o 18º no grid e ganhou seis posições logo após a largada de uma prova marcada por vários incidentes e três entradas do safety car.

“Adotamos uma estratégia muito diferente das dos outros pilotos e a partir daí arriscamos mais”, afirmou o brasileiro ao fim da corrida. “A corrida foi uma grande bagunça, mas era uma questão de permanecer calmo e fazer meu trabalho, acrescentou”.

Nasr se referiu a uma série de acidentes que o fizeram ganhar várias posições, entre eles um na décima volta que envolveu outro brasileiro, André Negrão, da Arden. Ele foi atingido pelo próprio companheiro de equipe, o austríaco Rene Binder, e seu carro rodou e ficou na contramão, provocando um engarrafamento.

Outro acidente que beneficou Nasr envolveu o monegasco Stefano Coletti, da Rapax, que o havia ultrapassado quando o brasileiro estava em quarto e tentou repetir a manobra sobre o suíço Simon Trumer, da mesma equipe, mas os dois colidiram.

Com a vitória de hoje, Jolyon Palmer reforçou sua condição de líder da temporada 2014 da GP2 com 101 pontos, 44 a mais que Nasr. O brasileiro ultrapassou o colombiano Julian Leal, que abandonou nesta sexta e é o terceiro na temporada, com 46. O segundo colocado na prova de Mônaco foi o neozelandês Mitch Evans, sétimo na classificação geral, com 20 pontos.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade