Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Apanhei-te Cavaquinho. Velho acervo de Ernesto Nazareth vai de graça para rede virtual



Guardião do acervo de Ernesto Nazareth (1863-1934), o Instituto Moreira Salles (IMS) disponibiliza pela primeira vez ao público, para download gratuito, as partituras editoradas de 18 obras do compositor, entre elas os clássicos Odeon e Apanhei-Te Cavaquinho. Os arranjos, para dois pianos, são de outro grande nome da música brasileira, o gaúcho Radamés Gnattali (1906-1988).

O IMS também é responsável pela criação e manutenção do site Ernesto Nazareth 150 anos, que busca difundir a obra do compositor, que Heitor Villa-Lobos definiu como “a verdadeira encarnação da alma musical brasileira”. Contemporâneo do surgimento da música popular urbana, do grande sucesso da polca e da formação dos primeiros conjuntos de choro, Nazareth ainda tem boa parte de suas mais de 200 obras pouco conhecida do público e dos próprios músicos.

De acordo com o coordenador do site, Alexandre Dias, as músicas de Ernesto Nazareth são “potencializadas e elevadas a novos patamares”, com os arranjos de Radamés. “São arranjos que representam o que há de melhor em termos de escrita pianística, equilibrando os pianos de maneira excepcional”, ressalta Dias.

Pianista virtuoso e compositor com uma obra que trafegava entre o popular e o erudito, Radamés Gnatalli integrou o elenco da Rádio Nacional do Rio de Janeiro, de 1936 até a década de 60. Depois, foi contratado pelas TVs Excelsior e Globo. Ao longo dessas décadas de intenso trabalho, chegava a fazer nove arranjos por semana, em geral para a orquestra regida por ele.

As partituras estão disponíveis para download no site Ernesto Nazareth 150 anos.

Paulo Virgílio, ABr
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente