Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Pai de santo ameaça usar o ‘mal’ e crianças fazem o ‘bem’ para ele



Uma ação rápida de agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) colocou atrás das grades neste segunda, após uma minuciosa investigação, um homem de 47 anos suspeito de abusar sexualmente de duas crianças no Guará II.

A delegada Valéria Martirena informou que o suspeito é pai de santo e ameaçava as vítimas dizendo que se elas não se submetessem aos abusos seriam atacadas por entidades espirituais. Se condenado, ele pode pegar até 21 anos de prisão.

As agressões ocorriam desde 2012, quando a adolescente mais nova tinha 11 anos e a outra 15. Os crimes, de acordo com as investigações, eram praticados aos sábados à tarde, após consultas que o suspeito realizava numa residência na QE 40.

O suspeito negou todas as acusações. Disse que é sacerdote espiritual. Ele afirma que uma das adolescentes supostamente agredidas tinha revelado a ele que havia perdido a virgindade. Com medo que o suspeito avisasse à mãe sobre o episódio, ela passou a ameaça-lo, segundo a versão do homem.

O suspeito também nega ter ameaçado as jovens sob a alegação de que elas poderiam ser atacadas por entidades espirituais caso não fossem para a cama. “É contra qualquer princípio espiritual usar para proveito próprio as entidades. Nossos conceitos espirituais não permitem isso”.

Ele revelou que já foi acusado de pedofilia por familiares de uma das adolescentes. “Uma das meninas que me acusa testemunhou ao meu favor há um ano e pouco atrás porque eu acionei a família dos tios dela que me acusavam de ser pedófilo. Entrei com uma ação penal contra eles e o processo foi arquivado. Eu não entendo porque que ela mudou. Eu nunca tive relações com menores de idade. Sou casado há 21 anos”.

A delegada acredita que outras adolescentes também foram vítimas do suspeito. “Quatro (garotas) não disseram [que foram abusadas], mas a gente acredita que elas não contaram justamente por acreditar que se revelarem vão correr os riscos que ele prega”, disse Valéria.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente