Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

‘Parlamento Juvenil’ incentiva jovens a criarem projetos de lei na Assembleia Legislativa



Até 24 de junho, alunos do 1º e 2º ano da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro, com idade entre 14 e 17 anos, podem se inscrever para a décima edição do Parlamento Juvenil. Um projeto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), apartidário e autônomo.

O objetivo do projeto, criado em 2003, é aproximar o jovem do parlamento fluminense e ampliar a consciência política dos jovens. Os parlamentares juvenis terão as mesmas atribuições dos deputados estaduais e poderão até criar leis.

Em 20 de junho, “Dia D de mobilização”, haverá uma reunião, roda de conversa ou palestra sobre o Parlamento Juvenil em cada cidade do Estado do Rio de Janeiro simultaneamente. Todas as 1,2 mil escolas estaduais dos 92 municípios do estado estarão envolvidas nessa discussão.

A intenção dessa ação é provocar interesse nos jovens em participar do projeto, para que haja representatividade em todos os municípios do estado.

A expectativa este ano é bater os recordes de inscritos e de deputados eleitos. No ano passado, primeira vez em que as inscrições foram online, mais de 500 jovens se inscreveram.

Os jovens poderão começar suas campanhas nas escolas para que, no dia 6 de julho, os próprios alunos da rede estadual de educação possam escolher seus parlamentares juvenis por voto direto.

Depois de eleitos, os representantes juvenis no parlamento passarão por capacitações, em outubro, para auxiliá-los na elaboração de um projeto de lei próprio, que será defendido durante a semana em que eles estarão em visita à Alerj, no Palácio Tiradentes, conhecendo e vivenciando a rotina de um deputado estadual.

Finalmente, entre os dias 20 e 26 de novembro, os parlamentares juvenis eleitos, discutirão e apresentarão seus projetos. As seis propostas mais bem votadas serão levadas ao governador do RJ e poderão virar leis.

Para o deputado Wanderson Nogueira (PSol), que coordena o projeto há dois anos, está é uma oportunidade que os jovens têm de debater e propor melhorias em políticas públicas e aprender mais sobre o processo legislativo. Este ano a iniciativa deve reunir mais de 90 jovens eleitos.

Os interessados pode clicar AQUI para se inscrever.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente