Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mulher

Perdoar, amar e ser amada é só alegria



Paulo Bregantin

O perdão é um fruto do amor, pois é no amor onde encontramos a fonte do perdão. O amor então se transforma em algo fundamental para o entendimento do perdão. É nele que o perdão se faz e se desenvolve.

Mas não estou aqui falando do amor como fonte de prazer ou sexual, o sentimento que estou tentando descrever é a forma simples de viver em paz entre as pessoas e o amor da caridade e da compaixão, pois esses sentimentos não precisam de nada em troca.

É na caridade e na compaixão onde encontraremos um porto seguro para o desenvolvimento do perdão como estilo de vida. Sim! O perdão pode ser um estilo de vida, ou seja, ter uma vida pacificada consigo mesmo e com os outros através do desejo de perdoar sem querer nada em troca.

Claro que isso não é simples e nem muito fácil, porém, se aceitarmos como desafio e começarmos a praticar, poderemos contagiar a nós mesmos e tantas outras pessoas, e passaremos a ter uma vida melhor.

O perdão como estilo de vida pode ser desenvolvido de maneira simples, basta agir da seguinte forma:

  • Manter um ambiente de paz em casa, no serviço, na escola, etc.
  • Criar um estilo e maneira de falar mais pacificada e tranquila, evitar os gritos.
  • Respirar antes de tomar decisões importantes.
  • Ter uma forma de agir dentro dos padrões de ética e respeito ao outro.
  • Ser um pacificador e não um agitador sem fundamento.
  • Aceitar as pessoas como elas são.
  • Crer que as coisas podem melhorar.
Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente