Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Plínio perde luta do câncer e Brasil perde um estadista



P línio de Arruda Sampaio, ex-deputado federal e candidato à Presidência pelo Psol em 2010, morreu nesta terça-feira, em São Paulo, aos 83 anos de idade. Plínio estava internado havia mais de um mês no Hospital Sírio-Libanês, para tratamento de um câncer ósseo, e faleceu em decorrência de falência de múltiplos órgãos e sistemas.

Em nota oficial, o Psol lamentou o passar de um de seus principais nomes. “O Psol e o país perderam um grande protagonista da história recente e da luta pela justiça social e pela democracia no Brasil.”

Graduado em Direito e promotor público, Plínio iniciou sua carreira política como deputado nos anos 1960, quando foi relator do projeto de reforma agrária de João Goulart. Teve seu mandato cassado em 9 de abril de 1964, às vésperas do golpe militar.

Retornou ao país na década de 70 e participou da fundação do PT, do qual saiu em 2005. No mesmo ano, filiou-se ao Psol, pelo qual concorreu ao governo de São Paulo, em 2006, e à Presidência da República, em 2010.

“O PSOL se solidariza com os familiares de Plínio e ressalta que sentirá a ausência de um dos maiores lutadores socialistas e colaboradores do partido. Certamente, continuaremos levando adiante os ideais por justiça social, defendidos incansavelmente por ele”, ressalta o presidente nacional do PSOL, Luiz Araújo.

“Estamos muito tristes com a notícia da perda de um símbolo histórico da esquerda brasileira”, lamentou Luciana Genro, candidata do Psol à Presidência

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente