Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Abortada ação para matar major da UPP do Parque Proletário

Publicado

Foto/Imagem:


O serviço de inteligência da Polícia Civil interceptou uma ligação entre traficantes da Vila Cruzeiro na qual eles combinam um plano para matar o comandante da Unidade de Polícia Pacificadora do Parque Proletário, major Bruno Amaral.

O atirador ficaria em cima de uma laje esperando o policial sair da sede da UPP.

A polícia recebeu ainda, através do disque-denúncia, dois relatos sobre um possível plano para matar o delegado-titular da 45ª delegacia (Alemão), Felipe Cury. A polícia investiga se as ordens vieram de dentro de presídios.

Cinco PMs de UPPs foram mortos nos complexos de favelas da Penha e do Alemã desde novembro. Apenas um suspeito de envolvimento foi preso.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade