Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Mundo

Polícia de Gales apura morte de bebê comido por cão da família



A polícia investiga se um bebê de seis dias foi morto pelo cachorro da família, em Pontyberem, País de Gales. Eliza-Mae Mullane foi levada de helicóptero ao hospital da Universidade de Wales, em Cardiff, na manhã de terça-feira, 18, depois de ter sido supostamente atacada por um cão da raça Malamute do Alasca.

Uma vizinha da família teria ouvido a mãe da menina, Sharon John, gritar que o cachorro havia comido a cabeça da filha, depois de ter achado o corpo da recém-nascida. A polícia não confirmou se o animal foi o responsável pelos ferimentos e pela morte da criança e afirmou que as investigações estão em fase inicial.

Amigos da família disseram que o pai da menina, Patrick Mullane, havia adotado o cão depois de saber que seu antigo dono o mataria. Uma vizinha, que não quis ser identificada, descreveu o cão como dócil: “Eu estive na casa dos Sharon muitas vezes e não havia nada de errado com o cachorro; ele sempre viveu rodeado de crianças”. A mulher contou que a mãe da vítima tem outros dois filhos, um menino de cinco anos e uma menina de três.

Malamutes do Alasca não são considerados cães perigosos. Eles foram originalmente criados para trabalhar como cães de trenó no Ártico, mas se tornaram populares animais de estimação. Depois do ocorrido, o cão foi apreendido pela polícia.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente