Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Polícia invade café de Sydney e encerra sequestro; 3 morreram

Publicado

Foto/Imagem:


A polícia da Austrália invadiu na madrugada de terça (horário local) o Lindt Cafe de Martin Place, em Sydney, e efetuou diversos disparos encerrando o sequestro no local que durou 16 horas. Três pessoas morreram, entre elas o atirador, e seis ficaram feridas, informou a polícia. Uma brasileira estava entre os reféns e foi libertada ilesa.

Ao todo, 17 reféns estavam no café na hora do sequestro. Cinco conseguiram fugir um pouco antes. A imprensa local australiana identificou o clérigo muçulmano Man Haron Monis como o sequestrador. Ele já foi acusado de enviar cartas de ódio e abuso sexual.

Segundo Andrew Scipione, chefe de polícia de Nova Gales do Sul (estado do qual Sydney é a capital), vários tiros foram disparados enquanto o sequestro estava em andamento, o que levou os policiais a tomarem a decisão de invadir o local.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade