Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Prefeito Eduardo Paes sanciona lei que estipula em R$ 170 multa por calote no VLT



O prefeito Eduardo Paes sancionou a lei que estipula em R$ 170 a multa para os passageiros, sem direito à gratuidade, que se recusarem a fazer o pagamento espontâneo da viagem no Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Pelo texto, publicado no Diário Oficial desta segunda-feira, a penalidade aumentará pela metade, em caso de reincidência.

As multas aplicadas deverão ser pagas em até dez dias úteis, a contar da data da notificação ao infrator, que poderá recorrer dentro do mesmo prazo. Nos próximos 60 dias, o Executivo deverá regulamentar a lei, cuja aplicação será precedida por uma campanha educativa.

Em fevereiro, a prefeitura já havia anunciado que a tarifa do VLT seria equivalente à dos ônibus, cujo valor é R$ 3,80. As composições do novo serviço não terão catracas nem cobradores, apenas validadores do Bilhete Único, cuja fiscalização da utilização caberá à concessionária.

Também em fevereiro, a prefeitura havia anunciado que das 32 estações previstas, 18 seriam entregues em abril, ligando a Rodoviária Novo Rio ao Aeroporto Santos Dumont.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente