Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Presidiários de Roraima postam fotos com bebidas, piscina, mulheres e bar para happy hour



Detentos da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, localizada na zona rural de Boa Vista (RR), fizeram fotos de festas e do uso de uma piscina construída com cimento dentro da unidade prisional. As imagens foram divulgadas nesta quinta-feira (3) por servidores lotados na penitenciária, após apreensão de telefones celulares em revista na cadeia ocorrida recentemente.

Segundo um agente penitenciário lotado na cadeia, que pediu para não ser identificado, os presos vivem livremente dentro da penitenciária, pois construíram barracos fora dos alojamentos, montaram bar e mercadinho e criam até galinhas.

“É complicado fazer revista nos alojamentos para controlar a entrada de objetos ilícitos porque eles fizeram barracos e vivem em uma verdadeira favela. Só podemos entrar com a escolta da PM (Polícia Militar), mas, mesmo assim, muitas vezes chegam entregas que a direção informa para não serem revistadas”, conta o agente penitenciário.

Nos fins de semana, segundo agentes penitenciários, os presos que têm boas condições financeiras costumam fazer churrascos e festas.

“Chegam caminhões de refrigerantes e bebidas compradas pelos presos e a direção deixa passar tudo, não temos a ordem de fazer revista nesses casos”, disse outro agente penitenciário, que também pediu para não ser identificado.

As comemorações são regadas a bebidas alcoólicas e, sem o controle da segurança, não têm hora para terminar.

O preso Sebastião Frank Santos da Silva foi fotografado “ostentando” a cama repleta de latas de cerveja e garrafas de bebidas alcoólicas que seriam usadas nas festas dentro da prisão. Apesar de estar numa unidade prisional, na foto se vê que a cama de Silva é de madeira.

Segundo agentes penitenciários, o preso está na ala 12, que é o alojamento dos internos que tem dinheiro e conseguem “negociar com a direção o direito de ficar em quartos individuais”.

“Na ala 12 estão os internos com melhor poder aquisitivo. Lá, os quartos têm cerâmica no piso e ainda televisão, home theater, videogame e frigobar. Eles negociam com a direção essas regalias e acabam comprometendo o trabalho dos agentes penitenciários”, disse o funcionário. Segundo o servidor, a ala 12 recebe presos que foram mandados para presídios federais e voltaram ao Estado.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente