Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

FHC vai socorrer Dilma quando o dia 15 passar?



O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso tem admitido a aliados a hipótese de uma aproximação com a presidente Dilma Rousseff em busca de uma saída para a crise política e econômica, segundo informações publicadas neste sábado pelo jornal Folha de S.Paulo. De acordo com a publicação, FHC tem se reunido com petistas e interlocutores do Planalto e discutido os efeitos da Operação Lava Jato.

O ex-presidente, no entanto, se manifestará apenas após o dia 15, quando estão programados protestos pelo impeachment da presidente. A posição de FHC dependerá do impacto das manifestações e da eficiência da abordagem dos petistas.

Segundo o jornal, a movimentação de FHC é acompanhada e avalizada por Dilma Rousseff e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o jornal, o empurrão para a espécie de pacto viria de setores empresariais preocupados com a deterioração da situação do País.

A publicação afirma que a articulação para essa aproximação enfrenta resistência tanto no PT como no PSDB. Apesar das possíveis tentativas de pacto, FHC estaria magoado com o pronunciamento de Dilma que o responsabilizou pela crise da Petrobras.

Ao jornal, FHC afirmou, por intermédio de um amigo, que conversa com todo mundo, mas não recebeu emissários do Planalto.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente