Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasília

Rebeldia na PM-DF acaba em prisão para oficiais e praças



Ao menos 12 policiais militares do Distrito Federal foram presos suspeitos de estimular colegas a participarem da operação tartaruga em protesto contra o reajuste de salários propostos pelo governo.

Segundo a assessoria de imprensa da corporação, um oficial e 11 praças foram presos sob acusação de insubordinação, críticas ao comando e desobediência.

O governador Agnelo Queiroz, assinou na terça-feira dois decretos que reajustam os valores dos auxílios alimentação e moradia dos policiais e bombeiros militares da ativa e aposentados do DF.

O auxílio-alimentação dos militares do DF, a partir de 1º de maio, será R$ 850 e o auxílio-moradia terá um pagamento feito em três etapas, sempre no mês de setembro a partir deste ano.

Com os reajustes dos benefícios, um soldado terá remuneração total de R$ 7.190,98 (aumento de 21,66%), um subtenente, R$ 12.104,90 (20,48%) e um coronel de R$ 21.721,13 (20,24%).

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2021 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente