Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Brasil

Região Metropolitana de Porto Alegre vive greve e registra 10 homicídios em 12 horas



A região metropolitana de Porto Alegre registrou dez homicídios entre a noite desta quarta-feira (2) e a manhã desta quinta (3). Sete das mortes ocorreram na capital. As polícias Militar e Civil atuam com efetivo reduzido.

Todas as mortes registradas nas últimas horas foram causadas por disparos de armas de fogo. Além de Porto Alegre, as cidades vizinhas de Viamão, Gravataí e São Leopoldo também foram palco para os homicídios.

Em uma das ocorrências, na manhã desta quinta, um homem morreu durante abordagem de policiais militares no morro Santa Tereza, em Porto Alegre. Inconformados com a ação dos policiais, moradores atacaram carros com paus e pedras. Eles acusam os soldados da Brigada Militar de terem atirado no homem já rendido e pelas costas.

Os policiais alegam que o homem estava armado e resistiu à prisão. Ele seria olheiro de uma boca de fumo.

Acuados, os soldados pediram reforço. Cerca de 50 homens da Brigada Militar e Polícia Civil, com o auxílio de um helicóptero, entraram em um beco, na rua Dona Maria, em uma comunidade dominada pelo tráfico de drogas.

Ao menos quatro barricadas com pneus em chamas tiveram de ser apagadas para o resgate dos policiais. A perícia também teve trabalho para examinar o corpo e retirá-lo do local. A vítima é Ronaldo de Lima, cuja idade não foi revelada.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente