Curta nossa página
Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Sampaio Corrêa derrota Palmeiras e complica situação de Kleina

Publicado

Foto/Imagem:


O Sampaio Corrêa conseguiu, na noite desta quarta-feira, uma ótima virada pela Copa do Brasil. Contra o Palmeiras, a equipe do Maranhão fez dois gols rapidamente no fim do confronto para vencer por 2 a 1 em casa e sair na frente na segunda fase do torneio nacional. O resultado aumenta a pressão sobre o treinador Gilson Kleina no comando do time alviverde.

O atual comandante da equipe alviverde enfrenta pressão recente com os últimos resultados obtidos com a equipe paulista. A diretoria palmeirense, que bancou a permanência do treinador após a eliminação do Paulista e que recebe críticas depois da perda de Alan Kardec para o São Paulo, sofre pressão contra o treinador – o nome de Vanderlei Luxemburgo já surgiu em boatos após a derrota para o Flamengo no Brasileiro, a segunda consecutiva do time.

Com a derrota no Maranhão, o Palmeiras terá que vencer o duelo de volta em São Paulo para avançar à próxima fase do torneio nacional. O Sampaio Corrêa, por sua vez, pode empatar para iavançar no  torneio. O duelo está marcado para a próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), no Pacaembu.

Em campo, o time de Gilson Kleina sofreu com erros e teve nova atuação abaixo da crítica. O goleiro Fábio, novidade entre os titulares, fez boa atuação e contou com boas intervenções contra o ataque do Sampaio. Mesmo assim, não resistiu à desorganização defensiva palmeirense e sofreu dois gols no fim do segundo tempo.

O primeiro tempo começou truncado e com poucas chances para ambos os times – a primeira chance do jogo, palmeirense, só foi aparecer aos 21min, com chute de Wendel. O Sampaio Corrêa também era perigoso e aos 33min William Paulista arrancou pelo meio, mas ninguém aproveitou o toque. Antes do intervalo, Wesley ainda quase marcou em cobrança de falta.

A volta para os últimos 45 minutos teve o time da casa com uma postura diferente. Na base da pressão, encurralou o Palmeiras e perdeu seguidas chances entre os 5min e os 20min. Em lance raro palmeirense na etapa final, Mendieta serviu Henrique na grande área e o atacante, substituto de Alan Kardec na equipe alviverde, tocou bem para as redes para abrir o placar aos 21min.

Atrás no placar, o Sampaio Corrêa foi buscar o empate. A equipe mandante seguiu bem no segundo tempo e aos 25min Edgar foi lançado na área, fintou o goleiro Fábio, mas se enrolou com a bola e perdeu a chance. Aos 37min, o empate saiu: Arlindo Maracanã cruzou para Edimar cabecear firme para o gol. Três minutos mais tarde, veio a virada: Cleiton tocou para Edigar, que com liberdade aproveitou falha da zaga adversária para invadir a área e marcar.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade