Curta nossa página


Dutch   English   French   German   Italian   Portuguese   Russian   Spanish


Rio

Supremo Tribunal Federal nega ação contra Lindbergh Farias



O senador Lindbergh Farias, pré-candidato do PT ao Governo do Estado do Rio de Janeiro, teve mais uma vitória. O Supremo Tribunal Federal (STF) o absolveu da acusação de supostamente ter sonegado informações ao Ministério Público Estadual. Os ministros rejeitraram uma ação que tramitava na Corte desde abril de 2012, impetrada pela 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva da Comarca de Nova Iguaçu.

Em 2010, quando Lindbergh concorria ao Senado, a Justiça de primeira instância em Nova Iguaçu tornara o petista réu porque ele não respondera ofícios do MP, que pediam dados técnicos considerados indispensáveis da época em que ele fora prefeito do município. Porém, o chefe do Ministério Público Federal, Rodrigo Janot, deu parecer considerando que a denúncia apresentada não era suficiente para tornar Lindbergh réu.

A assessoria do petista emitiu nota comemorando a sentença. “A decisão teve o apoio do procurador-geral da República, que reconheceu, no plenário do STF, a absoluta inconsistência da acusação. Já são nove os casos de denúncia do MP de Nova Iguaçu julgados improcedentes pelo STF, o que revela um excesso que agora está sendo corrigido pelo Supremo”, disse a nota. “Todas as ações propostas até hoje foram rejeitadas por unanimidade pelo Supremo Tribunal Federal”, festejou Lindbergh Farias.

Comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Copyright ® 1999-2019 Notibras. Nosso conteúdo jornalístico é complementado pelos serviços da Agência Brasil, Agência Brasília, Agência Distrital, Agência Estadão, Agência UnB, assessorias de imprensa e colaboradores independentes.

Segue a gente